domingo, julho 10, 2005

TERRA DE RIA E MAR

Hoje apetecia-me pegar no carro e fazer uma viagem. Pequena, diga-se em abono da verdade, mas, por condicionalismos vários, que não vêm aqui ao caso, vou fazer como um certo senhor, Xavier de Maistre, autor, do século XVIII, da obra Voyage Autour de Ma Chambre. E fico-me por aqui, enquanto a minha memória e afectos, me levam até lá.
Lá é a Murtosa, terra de ria e mar, de moliço e moliceiros (graças a Deus e a alguns que não querem perder a tradição), de enguias que aprendi a amanhar na boca do poço da casa da minha avó paterna, numa mão a areia finíssima da Torreira, na outra a velha navalha afiadíssima da velha avó. Anda lá, filha, não tenhas medo, força! Espetas fundo e abres a barriga até cá cima. Não a deixes fugir, põe mais areia nas mãos, filha!
Linda a terra do meu pai! Linda durante o mês inteirinho de Setembro, quando as férias grandes eram mesmo grandes e depois de um mês de Agosto todo passado na praia, a Murtosa era um outro mundo onde eu mergulhava inteirinha.
E porque me recuso a deixar morrer tudo o que amo, quero garantir-vos ( e podem bem acreditar, porque há muitos anos atrás apaixonei-me pela busca da verdade e, morreria por ela se necessário fosse), que a Murtosa continua bela, que, se seguirdes de Ovar, na direcção da praia da Torreira, vereis, à vossa esquerda, a ria (Não se diz ria, papá, é rio, não há rias...E o meu pai: É água do mar que entrou pela terra dentro, é salgada. E eu, na primeiríssima oportunidade, língua de fora, água da ria na boca… É mesmo verdade, ora vejam lá...). Talvez possais sentir o cheiro forte a moliço que antes servia para adubar as férteis quintas do Norte que vedes à vossa direita. Mais adiante, depois da ponte, ainda em direcção à Torreira, lá está o Clube de Vela.
Mais à frente, passe a publicidade, sentem-se no Café do Guedes que desde que me lembro parece ter estado lá sempre e, enquanto tomam o mesmo, que não o Guedes, que na verdade, de tanto lhe ouvir o nome, já nem deve existir, mas o café, que eu não peço bica, embora coexista com elas pacificamente e, da varanda, debruçada sobre a ria, deixem-se envolver, pela água, pelos sons, pela vista do outro lado da ria,a paisagem da Murtosa. Às vezes, há regatas e os barcos à vela correm com destreza.
Lá ao cimo da rua está o mar, também salgado, mas mais forte, como eu gosto de o ver, de ondas bravias e sonoras, cheias de espuma e sal. E, outrora, cheio de peixe com o qual as redes enchiam as frágeis embarcações que os bois possantes e
arquejantes, com as línguas de fora, puxavam para terra, no meio de uma azáfama de cores aos quadrados coloridos, de areia molhada, dos gritos dos donos dos bois a incitá-los à lide, do cheiro bom a peixe fresco, dos caranguejos correndo aos nossos pés, da alegria estampada no rosto de todos, dos pescadores,das peixeiras, dos garotos que corriam como loucos , de um lado para o outro a ajudar a família, dos poucos veraneantes e dos mirones. E a faina a irmaná-los: Foi, bom. Foi bom, sim senhor!
Amanhã, ou talvez mais logo, vou continuar a minha viagem. Está na hora de almoço e não faltam simpáticos restaurantes, com bom peixe fresco aqui, na terra dos meus antepassados. Vamos entrar?

5 Comments:

Anonymous if said...

Belas memórias de infância! Que também nos preenchem a vida... Não será tempo de revisitar os locais e voltar a sentir esses (ou outros cheiros)?

7:39 da tarde  
Anonymous dhuoda said...

Deve ter razão.Vou lá um destes dias e aconchego-me na beleza, enquanto bebo um café em frente à ria.
Obrigada pela sugestão.

9:59 da tarde  
Blogger a-bordo said...

Vamos a mais memórias ou a mais dhuoda? - Um beijo.

3:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... video conferencing devices 1950's cadillac pictures ford taurus and radiators windows undelete image

6:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info Add didrex black on white milf Area rugs carved Cisco vpn client v3 7 files Shinko motorcycle tire review United kingdom the equitable life assurance societ Home security systems products Percocet darvocet 3 piece st croix roman tub faucet set F-150 lariat floor mats kitchen bar sink faucet fluoxetine effects on periods

10:31 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home